Crowdfunding de investimento avança, apesar da crise

De acordo com a CVM, operações aumentaram 43% entre 2019 e 2020

0

A grave crise desencadeada pela pandemia de covid-19 não conseguiu interromper a trajetória de crescimento do crowdfunding de investimento no Brasil. De acordo com dados divulgados recentemente pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a modalidade teve expansão de 43% no ano passado em termos de volume captado na comparação com o ano anterior. O montante saltou de 59 milhões de reais em 2019 para 84,4 milhões de reais em 2020.

No crowdfunding de investimento, empresas (muitas vezes startups) com receita anual de no máximo 10 milhões de reais e necessidade de recursos para suas atividades e crescimento ofertam no mercado títulos diversos, variáveis conforme características e prazos específicos. Em geral, os termos estão estabelecidos em contratos de investimento. Vale destacar que as modalidades de crowdfunding de caráter filantrópico ou com ofertas de recompensas não envolvem valores mobiliários — portanto, não estão sob a regulação da CVM.

Noticias relacionadas
1 De 42

O total captado pelas empresas crowdfunding de investimento em 2020 foi dez vezes superior aos 8,3 milhões de reais registrados em 2016, ano anterior à edição da regulamentação da CVM, feita por meio da Instrução 588/17. A evolução desse segmento também é evidenciada pela expansão da base de investidores e da quantidade de ofertas. Segundo a CVM, entre 2019 e 2020 houve um avanço de 23% no número de investidores (de 6.720 para 8.275) e de 30,8% nas ofertas (de 81 para 106). As emissões fechadas com sucesso somaram 74 no ano passado, ante 60 no ano anterior, uma alta de 23,3%.

“Percebemos que, apesar da crise econômica decorrente do enfrentamento da pandemia, os números relacionados ao crowdfunding demonstram que o mecanismo não só continuou crescendo como foi um importante aliado dos emissores de pequeno porte para atravessar esse ano tão difícil”, observou o superintendente de desenvolvimento de mercado (SDM) da CVM, Antonio Berwanger.

Acompanhando o crescimento do mercado de crowdfunding de investimento, no ano passado a CVM registrou aumento na quantidade de plataformas que operam com esse tipo de captação, chegando a 32. E foi recorde o valor médio captado por oferta, de 1,14 milhão de reais. Cada investidor aplicou, em média, 10,2 mil reais, mais que os 8,7 mil reais de 2019.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.